GT Fintech – Resultados da Segunda Reunião Presencial
22/05/2018
GT Finanças Verdes – Resultados da Terceira Reunião Presencial
22/05/2018

GT Instrumentos Financeiros e Investimentos de Impacto – Resultados da Terceira Reunião Presencial

O GT de Instrumentos Financeiros e Investimentos de Impacto se reuniu dia 09 de maio para apresentar os principais projetos desenvolvidos dos subgrupos até o momento e estabelecer as metas a serem alcançadas em agosto de 2018, quando o Lab completará um ano.

No tema de métricas foi apresentada a publicação em construção pelo grupo que visa orientar as agências de fomento e bancos de desenvolvimento sobre quais métricas devem utilizar para medir o impacto causado pelos instrumentos que estão sendo desenvolvidos, isto é, para CIS, Crowdfunding e Fundos Rotativos. Além disso, contamos com a presença do Professor Sérgio Lazzarini do Insper apresentando como podem ser aplicadas as métricas. O Professor apresentou as métricas estabelecidas para medir o impacto do CIS de Educação de São Paulo que está em fase de construção.

O subgrupo de crowdfunding contou com a participação do convidado Frederico Rizzo, criador da plataforma Kria, que apontou as oportunidades e desafios desse segmento, e as possibilidades que as agências de fomento e bancos de desenvolvimento podem atuar neste mercado. Além disso, foi apresentada pelo subgrupo a proposta em construção do modelo de crowdfunding de impacto social com atuação das agências de fomento.

O subgrupo de CIS, por sua vez, neste período realizou entrevistas com os atores que estão estruturando CIS no Brasil. Notadamente, dois casos se destacam o CIS São Paulo e o CIS Ceará. Com isso, foram apresentados na reunião os pontos de congruência destas duas iniciativas e os pontos ressaltados como relevantes para se estruturar um CIS. Além disso, o grupo buscou desenvolver um framework do que seria necessário para se estruturar um CIS em duas frentes, uma voltada para o empoderamento feminino e outra para a educação. Ainda, foi apresentado o projeto Galpão Aplauso, pela sua idealizadora Ivonette Albuquerque, e o grupo passa a estruturar um instrumento financeiro para esta iniciativa.

Por fim, o subgrupo Fontes de Captação apresentou sua proposta de desenvolver um piloto para fundo rotativo. Assim, o subgrupo, neste período, trabalhou sobre a PL nº 137/2017, em andamento no Senado, com o objetivo de sugerir alterações para incluir as entidades do Sistema Nacional de Fomento e permitir a alocação de recursos reembolsáveis e não-reembolsáveis. Para próxima fase será estruturado um piloto junto ao Galpão Aplauso de forma a estruturar uma forma de financiar a iniciativa em conjunto com o subgrupo CIS.

Após as apresentações foram promovidos debates entre os grupos de forma a estabelecer as metas de cada subgrupo para os próximos meses e nesta rodada surgiram novos temas que poderão entrar nas discussões do Lab a partir do seu segundo ano.